I'm still looking up

Ana Carolina, 19, Minas Gerais.


Pergunte
Mais
Textos
Arquivo
"Quem ama não repara o jeito que ama. Não se conscientizará que é uma chata, uma filhodaputa, uma suicida, uma inconveniente. O amor a torna nobre. Ela se vê uma aristocrata do amor, porque acredita que o amor redime os erros e os exageros, que o amor justifica o ímpeto e a indignação, que o amor lava as escadarias do passado."



"Eu espero alguém que não desista de mim mesmo quando já não tem interesse. Espero alguém que não me torture com promessas de envelhecer comigo, que realmente envelheça comigo. Espero alguém que me ensine a me amar porque a separação apenas vem me ensinando a me destruir. Espero alguém que me torne novamente necessário."



"Lembro que não faz muito tempo, eu ainda corria pelas ruas, rindo por tudo, rindo por nada, rindo apenas. Tinha uma vida e uma avenida inteira pela frente. Eu era livre para ser livre. Não tinha muros para me impedir. Não existiam grades para me prender. Não havia mãos para me segurar. Nem um amor para me desviar do caminho."



"Se ela te amasse com todas as forças de sua alma por uma vida inteira, ainda assim ela não te amaria tanto quanto eu te amo num único dia."



"Última ligação. “Estou desistindo de você, respire.”
— Oi, é… desculpa se te acordei. Preciso dizer algumas coisas, mas você tem que se manter calado, tudo bem? Só respire forte para eu saber se continua na linha. Você precisa saber de cada palavra.
Bom, me desculpa de novo, mas agora não é pela ligação. Estou desistindo de você, desculpa. E, desculpa por repetir milhares de vezes - desculpa - tudo bem, não posso chorar agora, estou só começando.
Estou lembrando da nossa primeira conversa - respira - e da nossa última - suspira - quero chorar, não posso chorar, não agora. Tudo bem, tudo bem. Quando digo isto, ouço com a sua voz. Sua voz é minha calmaria, mas não hoje.
A vida é tão ingrata que eu faria qualquer coisa para te ter por ela toda. Todinha. Lembro da sensação do seu coração batendo no meu ouvido, é bom ouvir ele acelerado quando está comigo. É bom quando você está comigo. Por que não está mais?
Meu coração dói de pensar que estou desistindo de você - lágrimas - ainda não é a hora, preciso aguentar, tem muito pela frente. A solidão é cruel, mas você ganha. Me deixar sozinha quando mais preciso da sua presença é cruel. Mas, de qualquer forma, amo sua crueldade - respira - porém é sempre bom um pouco de amor no coração, certo?
Estou te magoando… ou não. Não lembro da última vez que se importou com uma ligação ou mensagem minha. Espero, imploro e suplico que se importe com isso.
Eu te amo e estou desistindo. Minhas forças fugiram junto com o orgulho, com certeza com meu orgulho - suspira - o mundo está triste sem você junto a mim, amor.
Meus gritos de socorro você não ouve mais… agora já perdi a voz.
Acabou.
Fim.
Game Over.
The End.
Final infeliz.
Final.
Infeliz.
Só infeliz.
Desisto e estou partindo - suspira - agora posso chorar e desabafar. Mas, amanhã retorno de pé, cabeça erguida e novos sutiãs.
O que você vai fazer eu não sei e não quero saber. Não posso saber.
Obrigada por respirar.
Te amarei por toda minha eternidade.
Ainda bem que não duramos para sempre.
"




"Ficava me questionando d’onde tinha me metido, pra qual direção esse incomodo imenso iria me levar. Se talvez pudesse fazê-la entender, nunca pude. Eu a vi parti tantas vezes, já nem me importava. A quem culpamos quando o peito não suporta tamanha ternura? Como se sua existência até ali só se fizesse sentido por este momento. Esperava tanto da vida, vivendo e superestimando a calmaria da solidão, um tanto faz permanente. Agora, a flor da pele, preciso senti-la a minha vida toda, essa agonia é infinda, as palavras já não se entrelaçam e muito menos se bastam."



"A gente alonga a história, nem que seja para dizer que chorou. Porque terminá-la, colocar um ponto definitivo, é duro demais. A gente vira dor para não virar fim."

-Tati Bernardi (via overdose-de-textos)


"Eu quis espernear, gritar “Fica pelo amor de Deus!” Mas desde quando a gente pede uma coisa assim? Desde quando a gente tem que implorar pra alguém ficar? Mesmo que a vontade inunde nossa alma, e a certeza da falta destrua nossas vontades, amor não se implora."